O propósito é a intenção, o objetivo, a finalidade, dito de outra forma, o propósito é o intuito daquilo que se busca alcançar!

Alguns verão o propósito, portanto, como um alvo. Porém (talvez) seja apenas um projeto. Um divino projeto de uma inteligência maior que todas, ou (quem sabe) só um modo ver nosso lugar dentro do cosmos.

Para os fracos, que nunca entenderão de fato o que significa a coragem de buscar ser o melhor que se pode ser (e ao mesmo tempo fazer o máximo de pessoas _animais, flores e minerais _ alcançarem o desígnio de seu projeto) recomendamos que pare agora de ler este artigo. Esse artigo não é para os Fracos, é para os Fortes de Propósito!

Pois, propositalmente esse artigo falará sobre a coragem de ser quem realmente somos e sobre a Verdade escondida na Vontade de Viver a vida na mais plena forma. Não, não se engane… Quem tem propósito não precisa de espectadores para dar seu show!

Inclusive nem cobraremos por isso, não se cobra (e nem se vende) algo de tamanho valor e sem preço. Aliás, até quando o propósito é vender, não se pode ser um vendido e não há vendedor que vença sendo um vendido, vai por mim…

De fato, quem busca o melhor que pode ser (através do propósito) quer apenas cumprir seu destino, e isso é pra poucos. Sim, quem vive com propósito faz a diferença e não por ser diferente, mas por ser único. Ser único é a especialidade dos que tem um propósito!

Todavia, a grande (e imensa) maioria viverá apenas entre a dúvida sobre o que está acontecendo e o que aconteceu, enquanto quem faz acontecer conduzirá o fluxo para onde tudo se converge, isto é: o fim!

Vejam bem, não é o fim. (ponto) É: O Fim! (exclamação !!!!!)

Ou seja, não é o fim como ponto final mas o fim como finalidade, como razão de ser, como causa, enfim, o fim como propósito. Que é o que queremos lhe apresentar como a única coisa certa a se fazer SEMPRE!

 A MAIORIA NEM SABE SEU PROPÓSITO: COITADOS…

“Todas as graças da mente e do coração se escapam quando o propósito não é firme.” Willian Shakespeare

 Você será engolido pelo mundo, um lugar sujo, cheio de pessoas com suas próprias intenções querendo apenas atenção e cuidado aos seus anseios internos e externos. Dessa natureza inferior nascem o egoísmo, o conflito e a maldade, mas não é disso que queremos falar.

Queremos lembrar que a grande maioria das pessoas nem sabem seu propósito e, portanto, não se identificam com seus pares (e suas diferenças) e fazem do mundo um inferno. Ainda que a Natureza nos indique que o Paraíso mais perto de nós (e isso em todo Universo conhecido) ainda é aqui, mas ninguém pára nunca para pensar nisso…

Ainda que a única Lei seja amar e cuidar desse paraíso e seus habitantes, nós não sabemos cuidar de nós mesmo e do outro. E o cuidado tem o seu propósito.

Talvez por isso, ainda existe uma grande maioria de gente sem propósito se qualificando ou sendo qualificado como infeliz; desventurado, inditoso e desditoso. Sem propósito, coitados…

Do ponto de vista da razão, eles estarão talvez certos. Qual é o sentido e o propósito da vida (?) pensam os filósofos cheios de razão e concluem saber que nada sabem.

No entanto, agindo apenas com a razão você se torna uma máquina, e agindo como uma máquina, você perde a razão de ser.

(AGINDO SÓ PELA A RAZÃO, VOCÊ SE TORNA UMA MÁQUINA)

 Este parênteses é só para relembrar que este artigo apesar de profundamente racional não defenderá a tese de que é pela razão que se alcança o sentido do proposito. O sentido inclusive é sentir e sentir é perceber. Percebe?!

Algo que as máquinas nunca saberão como realmente é …

O PROPÓSITO COMO MOTOR IMÓVEL QUE NOS MOVE:

“Não se pode viver verdadeiramente e desistir do que dá significado e propósito a uma vida inteira.” Adolf Hittler

Lembra daquele papo de missão, visão e valores, pois é, nós que vivenciamos a inovação da gestão (e da vida), atualmente, concluímos que o propósito tomou o lugar das três: missão, visão e valores…

A missão como razão de ser, a visão como estado desejado a se alcançar e os valores, que nada mais são do que os princípios e causas que conduzem as ações de uma pessoa ou empresa. Tudo isso agora foi resumido numa única palavra: Propósito.

A propósito, você conhece seu propósito? O que te move e te faz acordar todas as manhãs e enfrentar os problemas repetidos ou imprevisíveis e, por isso, se sente mais empurrado que movido; mais espremido que acelerando; mais se arrastando do que voando… Então é porque você e todos ao seu redor precisam encontrar o tal propósito.

COMO ENCONTRAR O TAL PROPÓSITO?
“Me dê motivo (…)” (na voz de Tim Maia!)

Os mais simplórios dirão que basta conhecer a si mesmo, vai lá então, isso é tarefa para a vida inteira e ainda faltará tempo pra você se conhecer de todo. Não que seja uma tarefa desnecessária, mas, o propósito é mais do que saber quem você é, é ser quem você é. O oposto do fake. Se assemelha a excelência: do melhor que se pode ser.

E também não acreditamos que haja um método único e exclusivo para se encontrar o propósito. Mas para ser quem você é, ou conhecer a si mesmo, um caminho possível é começar a perceber quem você é:

Como você resolve a rotina e os imprevistos? Quais são seus pensamentos, palavras e atitudes? Como sua mente e suas emoções tem te guiado? Como o teu físico tem sustentado as ações?

Percebe que respondendo sinceramente essas perguntas você começa a ver com mais nitidez onde está seu propósito?!

UM ARTIGO SOBRE A FINALIDADE DO FIM E DO RECOMEÇO!

“Até onde conseguimos discenir, o único
propósito da existência humana é acender
uma luz na escuridão da mera existência.”
  Carl Jung

A todos, que adentraram nos últimos dois anos no universo de nossos conteúdos queremos dizer que este também é um artigo sobre a finalidade do outro fim, este sim, o fim o final. (Ponto!)

Não há como haver o novo sem um fim, e o fim também tem sua finalidade, ou seja, seu propósito. Pode ser uma pausa para um grande reencontro futuro, nunca se sabe, nossa esperança nos torna positivos e podemos afirmar que o destino e o propósito são irmãos afinal.

Como pode ser também a liberdade sem fim do vazio, imenso como infinito e com todas suas novas finalidades e propósito de se cumprir.

“Mas acontece que tudo tem começo e se começa um dia acaba (…)”

CONHEÇA TODA A NOSSA SÉRIE DE ARTIGOS:

 Leia também os nossos artigos mais lidos:

 

Falando especificamente da Industria 4.0 temos também os seguintes artigos:

Para quem quer saber mais sobre a utilização de Sistemas de Gestão online da Produção – MES e suas vantagens, sugerimos a leitura dos seguintes artigos: