Imaginem o Capitão Nascimento tentando explicar ao pelotão de elite das indústrias brasileiras o que seria a famigerada quarta revolução industrial, também chamada de Indústria 4.0:

Indústria 4.0, em alemão: Industrie FürPunktZer, para os americanos: Industrail Internet Consortium, na comunidade europeia:EuropeanFactoriesofthe Future, os holandeses chamam de SmartIndustry, no Brasil:a Indústria 4.0 é sinônimo de Manufatura Avançada, pois quem não avançar (não apenas ficará para trás) corre o risco de desaparecer!

Nesse instante, percebemos a granada com o pino desconectado pronto a explodir em nossas mãos e eliminar todos ao nosso redor.Parece uma cena dramática, mas não muito distante da realidade das reuniões corporativas que vemos em nossos projetos. Sugestivamente as reuniões são realizadas em salas com o estratégico nome de “War Room”, isso mesmo, Sala de Guerra!

Nestas reuniões se discute os indicadores de produtividade e onde estão as principais perdas dos processos produtivos. A guerra começa quando é necessário definir as estratégias para reduzir os desperdícios e o plano de ação com responsáveis e prazos…

POR QUE NO BRASIL A INDUSTRIA 4.0 ESTÁ SENDO CHAMADO DE MANUFATURA AVANÇADA?

Porventura a resposta mais óbvia seria: quem não se adequar aos novos padrões de tecnologia da indústria atual não vai avançar. Recuada, retroada ou retrógrada, a indústria que não se adequar não vai continuar, muito menos crescer,  ou seja, não vai evoluir rumo ao futuro.

Ficar na retaguarda, portanto, não é uma opção nessa revolução, ou melhor, nessa guerra…

Todavia esta é uma resposta simplista e não mostra a complexidade da questão levantada neste artigo. Quais fatores estão ditando as novas tendências? O que realmente está avançando, o que já ficou para trás são estas questões que nossos artigos pretendem responder.

Para quem quiser conhecer as respostas que já propomos para estas questões, sugerimos as leituras dos seguintes artigos (basta clicar nos títulos para acessar o link dos artigos):

A MELHORIA CONTINUA ESTÁ SENDO DESCONTINUADA!

DOCUMENTAR PROCESSOS: PARA USO OU PARA ISO?

A HISTÓRIA NÃO CONTADA DE PORQUE ‘CHEFES’ TIVERAM QUE VIRAM ‘LÍDERES’!

MITOS E VERDADES SOBRE AS PROFISSÕES DO FUTURO!

COMO A TÉCNICA VIROU TECNOLOGIA (E MUDOU TUDO)!

Falando especificamente da Industria 4.0 temos também os seguintes artigos:

O QUE É INDUSTRIA 4.0 E COMO SE PREPARAR?

SUA EMPRESA ESTÁ PRONTA PARA INDUSTRIA 4.0?

INDÚSTRIA 4.0: MENOS MÁQUINAS E MAIS SISTEMAS!

GESTÃO DE PESSOAS NA INDÚSTRIA 4.0

INDUSTRIA 4.0 E SUSTENTABILIDADE

No entanto, até quem acompanha este blog com frequência, pode ter se espantado ao ler que a Industria 4.0 é também sinônimo de Manufatura Avançada. Neste artigo, queremos avançar na verificabilidade desta afirmação. Uma afirmação é verificável quando podemos demonstrar que é verdade ao examinarmos suas evidências empíricas. Isso é verificabilidade!

Verificabilidade é um termo da Filosofia da Ciência.  Positivistas Lógicos afirmam que apenas afirmações empíricas são verificáveis, mas David Hume e Karl Popper demostraram que até as leis científicas eram inverificáveis, contudo, filosofia  e ciência tem valor  quando evidencia fatos.

CONTRA FATOS, NÃO HÁ ARGUMENTOS!

Lá em 2015, o Fórum Econômica Mundial trouxe alguns dados sobre a estimativa do impacto da tecnologia na vida das pessoas. Afirmava-se que, até 2025, 90% das pessoas acessariam a internet e exatamente 90% das pessoas no mundo terão smartphones. Alguém duvida?

Em 2000, apenas 400 milhões de pessoas tinham acesso à internet. Em 2009, este número quadruplicou e chegamos a 1,7 bilhões de pessoas conectadas. Hoje, esse número passa de 3,6 bilhões, ou seja, praticamente a metade do mundo está, como você está agora, na internet!

Nesta mesma estimativa, aparecia que 5% dos produtos de consumo (que hoje são feitos por industrias de manufaturas) já estarão disponíveis para impressão 3D. Além disso, 10% dos carros americanos serão autônomos e 30% das auditorias serão feitas por Inteligências Artificiais.

E esqueça as estimativas negativas sobre um futuro digital apocalíptico onde não haverá empregos pois a indústria irá gerar cada vez menos riqueza, alias já evidenciamos num outro artigo anteriormente que o fato da participação da indústria no PIB cair é uma excelente notícia!

Existem mais fatos para evidenciar por que a indústria 4.0 deverá realmente ser uma Manufatura Avançada. Uma pesquisa divulgada pela Mckynsey Global Institute trouxe dados bem relevantes e (ousamos dizer) positivos sobre o futuro. Mas vejamos osdados atuais:

MENOS DE 1% DOS DADOS ARMAZENADOS POR MANUFATURAS SÃO UTILIZADOS!

O setor de Manufatura atualmente é o que mais gera dados e armazenam em servidores para serem utilizados cada vez mais estrategicamente. São 1812 petabytes de dados. Peta significa 10 elevado a 15 e um petabyte são exatamente 1000 terabytes.

Só como comparação, nem somando os dados armazenados pelos governos (911 petabytes) e bancos (773 petbytes) chegamos próximos dos dados que a Manufatura gera. Teríamos que somar o setor de saúde que não passa de 375 petabytes para superar os dados gerados pela Industria atualmente.

De fato, o valor da Indústria 4.0 ou Manufatura Avançada está não na geração de dados e sim no melhor uso das informações hoje geradas. Apenas 40% dos dados coletados são armazenados e apenas 1% disso são monitorados como indicaradores e históricos.

Pior de tudo é saber quemenos de 1% destes dados são usados como insights analíticos em tempo real, ou seja, a tomada de decisão para melhorias no processo ou precisão de planejamento e operação de uma fábrica chega próximo de 0%.

A pesquisa da Mckynsey que estamos usando como fonte foi divulgada em dezembro de 2017 e tem mais dados para compravam a necessidade de a Manufatura ser Avançada:

Pode-se melhorar de 30 a 50% as paradas de máquinas apenas por analisar melhor os dados e até 85% a precisão das previsões. Além disso, é possível reduzir entre 20 e 40% dos estoques, aumentar entre 15 a 30% a produtividade ou reduzir de 15 a 30% nos custos de transporte.

Este é o real potencial que a indústria tem para avançar apenas usando as informações que ela mesmo gera. Além disso, esse o trabalho que a MDTRAINIGdesempenha.Nossos produtos e serviços são pensados para a sua Manufatura Avançar e crescer com através da tecnologia aliada ao desenvolvimento de pessoas e processos.

Controle e monitoramento remoto aliado a Gestão da Performance e Qualidade. Controle Estatístico de Processo com uso inteligente da energia e recursos. Otimização em tempo real e manutenção preditiva são exemplos específicos de onde estamos fazendo a Manufatura do Brasil e do mundo avançar!

Quer saber mais sobre nosso trabalho? Navegue em nosso site e conheça o Sistema e os Treinamentos que estão revolucionando a indústria!

Leia também os artigos:

COMO FUNCIONA A IMPLANTAÇÃO DE UMA SOLUÇÃO MÊS NA PRÁTICA?

COMO OBTER LUCRO GERENCIANDO OEE?

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AUTOMAÇÃO NO PARADIGMA DA INDÚSTRIA 4.0

INDUSTRIA 4.0 FIM DA PRODUÇÃO EM MASSA OU NOVA ERA DA CUSTOMIZAÇÃO EM MASSA

PARA QUE(M) SERVE A INDUSTRIA 4.0?