Conheça o propósito real da Indústria 4.0, e confira como uma solução MES pode ajudar!

Os níveis de competitividade industrial estão cada vez mais alarmantes, não é mesmo? É por isto que nas últimas décadas diversas teorias e ferramentas de gestão vêm sendo diariamente desenvolvidas por companhias que tem como missão elevar a performance de seus negócios pra ao menos sobreviverem em seus respectivos mercados.

Contudo, na prática, a situação é bastante diferente. Com tantos programas de gestão disponíveis – como TQM, ISO, TOC, Lean Manufacturing, Seis Sigma, TPM e até o mais recente WCM, por exemplo, muitas destas empresas não sabem ao menos como proceder. E na maioria das vezes, esta é a principal razão por nem começarem.

É então por este motivo que neste artigo, você irá entender qual é o primeiro passo que deve ser realizado em prol da mudança pela melhoria contínua. Aqui, você irá descobrir as 6 etapas para migrar definitivamente para a Indústria 4.0 através de um Sistema de Execução da Manufatura – MES, em inglês Manufacturing Execution System.

 

Vamos lá?

AFINAL, POR QUE É TÃO IMPORTANTE MIGRAR PARA A INDÚSTRIA 4.0?

Primeiro, obviamente, por questões de sobrevivência empresarial. Organizações que gerenciam os seus processos tanto administrativos quanto produtivos com dados reais, confiáveis e instantâneos tomam decisões mais assertivas. Logo, o resultado em longo prazo são processos mais eficientes, produtos livres de defeito e clientes mais satisfeitos.

Depois, em segundo, por questões de melhoria de desempenho. Afinal de contas, pra conquistar maiores vantagens competitivas, há a necessidade de aplicar várias práticas e metodologias de gestão mais eficazes. Aquelas inclusive que mencionei lá atrás, como: 5S, OEE, TPM, ferramentas do Lean, eventos Kaizen, projetos Seis Sigma, e por aí vai.

E por fim, para implantar e manter estas ferramentas operando com a maior eficiência possível, é preciso trabalhar – de novo – com dados reais, confiáveis e instantâneos, já que é somente desta maneira que o progresso pode ser de fato medido e gerenciado. E é aí que entra o verdadeiro propósito da Indústria 4.0traduzida em uma solução MES.

CONFIRA AS 6 ETAPAS PARA IMPLANTAR COM MAESTRIA UMA SOLUÇÃO MES NA SUA PRODUÇÃO:

  1. ABRAÇAR A MUDANÇA PELA MELHORIA CONTÍNUA!

A ideia básica desta etapa inicial é promover uma nova cultura organizacional que contemple todos os níveis hierárquicos que fazem parte do processo produtivo, incluindo gestores – gerentes e coordenadores, engenheiros, analistas, operários, mantenedores e até estagiários.

Pra este passo funcionar, uma abordagem top-down deve ser efetuada. Isto é, os dirigentes da companhia devem elaborar um plano estratégico que objetive conscientizar todos os colaboradores no que diz respeito à importância de praticar condutas de trabalho mais sustentáveis em favor da filosofia da melhoria contínua.

  1. CONTATAR O MELHOR FORNECEDOR DO SISTEMA MES.

Legal, abraçado a mudança pela melhoria e por uma nova cultura mais efetiva, a próxima fase é conhecer como funciona uma solução MES. E neste caso, nós da MD Training, indicamos o Sistema Pw-1 da Prodwin Tecnologias – fornecedor que desenvolve há mais de 20 anos soluções modernas para a gestão do chão de fábrica em renomadas companhias latino-americanas e europeias.

 

  1. PREPARAR E DESENVOLVER O PROJETO PILOTO.

Você já ouviu falar da regra de Pareto, certo? Ela diz que em média apenas 20% das causas correspondem a 80% do resultado final. Ou seja, em conjunto com o fornecedor da solução MES, analise qual é ou quais são as linhas de produção, máquinas e equipamentos que representam este valor. É provável que elas sejam até mesmo o gargalo.

Definido o projeto piloto, restam agora três tarefas: eleger os membros participantes da implantação e manutenção da solução MES na produção – a equipe do projeto, projetar a infraestrutura do sistema – que conta com software bem como hardware, e por último, determinar os pontos de coleta de dados, e de análise e registro de informações.

 

Realizada esta preparação, a execução do MES é inaugurada – levando em média 1 semana para implantação do piloto e 1 mês para a integração completa do sistema no processo. Aqui, os indicadores eletrônicos de OEE já estão funcionando, e é então que vem a utilidade indispensável da próxima etapa.

  1. TREINAR OS COLABORADORES CHAVE ENVOLVIDOS!

Para assegurar que a futura implementação de um programa 5S, de atividades de manutenção autônoma e planejada, e mesmo de uma técnica SMED realmente tragam resultados duradouros, é essencial treinar os funcionários chave do processo. É só assim que o desempenho almejado será mantido depois de conquistado.

E pra isto, eu convido você a conferir os treinamentos da MD Training. Com eles, os colaboradores conseguirão interpretar e analisar o OEE com aptidão, elevar a exatidão e precisão do processo com o CEP, desenvolver pequenos e até complexos projetos de melhoria com a MASP, e potencializar o uso do sistema MES com Ver e Agir.

  1. IMPLANTAR O MES EM LARGA ESCALA.

Com uma cultura de melhoria contínua diariamente estimulada, com um projeto piloto em operação conforme o sistema MES, e com colaboradores capacitados e aptos para aplicar as principais metodologias e ferramentas para melhoria de processos, a etapa seguinte é iniciar a implantação do MES em larga escala.

Só que assim como ocorreu antes a necessidade de priorizar as linhas produtivas gargalo, o fundamento agora continua sendo o mesmo: implantar a solução MES somente em processos estratégicos da companhia, preferencialmente aqueles que ofereçam uma alta lucratividade decorrente do aumento de suas performances.

 

  1. INTEGRAR O MES AO ERP DA EMPRESA.

Uma das vantagens da solução da Prodwin é a possibilidade de integrar o próprio MES ao ERP da empresa. Gerenciar o chão de fábrica como um processo integrado aos demais processos administrativos da organização só traz benefícios, como: total sincronia entre a cadeia logística e produtiva, maior facilidade para atendimento ao Bloco K, decisões tomadas mais bem-sucedidas por meio de recursos e informações integradas, dentre vários outros.

QUER CONHECER INÚMEROS OUTROS BENEFÍCIOS DE UMA SOLUÇÃO MES NA SUA PRODUÇÃO?

Como você pode perceber até aqui, compactar em um texto as inúmeras utilidades de um MES é praticamente impossível, não é verdade? É por isto, que eu sugiro então, que você continue acompanhando nosso Blog, curtindo e comentando nossas postagens, e claro, conferindo na íntegra a solução proposta pela Prodwin na página da MD Training. Agende uma apresentação!